logo

A síndrome do túnel do carpo (STC) é uma condição médica que causa dormência, dor e desconforto na mão, afetando cerca de 75 milhões de pessoas em todo o mundo. Os tratamentos de STC geralmente têm sucesso, mas o diagnóstico precoce é importante. Se você suspeita que tem STC, consulte seu médico para ser tratado.

 Os tratamentos não-cirúrgicos podem abranger mudança de hábitos, como redução ou eliminação de movimentos repetitivos das mãos, uso de talas imobilizadoras no pulso durante a noite ou a administração de medicamentos antiinflamatórios por via oral ou em injeções no túnel do carpo.

Os tratamentos cirúrgicos variam, mas os dois mais comuns são a cirurgia aberta e a cirurgia endoscópica. Ambos os procedimentos têm o mesmo objetivo de liberar a pressão no nervo mediano por meio do corte cirúrgico do ligamento transverso e, assim, alargar o túnel do carpo para oferecer mais espaço ao nervo. Ambos os procedimentos são eficazes, mas a cirurgia endoscópica proporciona um tempo de recuperação mais rápido, menos dor no pós-operatório e uma cicatriz bem menor e menos perceptível.1

cirurgia aberta

treatment_open

Durante a cirurgia aberta, é feita uma incisão na prega do punho em direção ao centro da palma, pelas camadas de pele, gordura e tecido conjuntivo. Quando o ligamento transverso estiver exposto, o cirurgião corta o ligamento com uma lâmina para liberar a pressão no nervo. Em seguida, o cirurgião fecha a incisão com suturas e faz um curativo na mão.

Esse procedimento é eficaz, mas talvez não seja a melhor opção para alguns pacientes porque deixa uma cicatriz do punho ao centro da palma; a recuperação e a reabilitação podem levar várias semanas devido à dor no pós-operatório, ao corte profundo na mão e a uma incisão mais longa.

cirurgia endoscópica

treatment_ctrs

Durante a cirurgia endoscópica monoportal, é feita uma pequena incisão na prega do punho, onde o cirurgião insere uma pequena câmera montada em um instrumento cirúrgico denominado SmartRelease™ CTRS. Esse dispositivo permite que o cirurgião veja dentro do túnel do carpo por meio de um monitor de vídeo. O cirurgião corta o ligamento com precisão, usando uma lâmina retrátil dentro do SmartRelease™ CTRS, sem abrir a palma completamente. Depois que o ligamento estiver totalmente liberado, a lâmina é retraída, o instrumento retirado e a pequena incisão é suturada e feito o curativo.

O princípio norteador deste procedimento minimamente invasivo é reduzir a dor no pós-operatório, evitando uma incisão aberta que se estende do punho até a palma. A cirurgia endoscópica é altamente eficaz e é usada há mais de 20 anos. Ela provoca menos dor no pós-operatório, uma cicatriz mínima, escondida pela prega do punho, e geralmente permite que os pacientes voltem às atividades normais em pouco tempo.1 

1 "Single-Portal Endoscopic Carpal Tunnel Release Compared with Open Release"
Trumble TE, Diao E, Abrams RA, Gilbert-Anderson MM The Journal of Bone & Joint Surgery 2002; 84:1107-115
© 2010 www.meutuneldocarpo.org, Todos os direitos reservados.